O MDF-e é o Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais, documento emitido e armazenado eletronicamente. Sua função é vincular os documentos fiscais de materiais e também de produtos transportados na mesma unidade de carga. Para que todos estejam em um só.

Por isso, o MDF-e é válido em todos os Estados brasileiros.

 

Vantagens

Ele proporciona muitas vantagens a todos como:

– Impacto positivo em termos ecológicos;

– Redução de armazenagem dos documentos fiscais;

– Economia de tempo durante a parada para a fiscalização;

– Redução de custo;

– Incentivo ao uso de relacionamento eletrônico e o comércio eletrônico com os clientes;

– Aumento da confiabilidade da fiscalização do transporte de cargas.

 

É obrigatório?

O MDF-e intermunicipal é obrigatório para todo o território nacional. Então, está sujeito a multa, visto a importância de ter esse documento.

 

O MDF-e deverá ser emitido após serem conhecidos os documentos do que serão transportados. Portanto, você precisa informar CTe, quando houver, NFe, além de informar o tipo do veículo, peso da carga e os dados do motorista.

Para a sua emissão, deve-se enviar um pedido de autorização para a SEFAZ (Secretaria do Estado da Fazenda), e apenas após a autorização, ela poderá ser utilizada.

 

Cancelamento e Encerramento


Após a sua autorização, qualquer modificação invalida a assinatura digital do documento, por isso, o documento deverá ser cancelado em 24 horas se ainda não iniciou o transporte, e se já iniciou deverá ser encerrado, e se necessário emitido outro.

Após a chegada no local de destino, não se pode esquecer de encerrar o MDF-e, pois sem o encerramento não poderá emitir outro para o mesmo veículo e para o mesmo Estado de origem e destino.

 

Por esse motivo, a V2Saúde te auxilia nesse processo e nosso sistema facilita a emissão deste documento.

 

Quer saber mais sobre o assunto, agende já uma reunião e saiba como funciona nosso sistema e porque ele é o melhor custo-benefício do mercado de sistemas de gestão para OPME.