Glosa significa que a cobrança foi negada pelo plano de saúde. Relativo a materiais, serviços de profissionais de saúde e medicamentos utilizados nos mais diversos tipos de atendimento. Quando será feito algum procedimento clínico, nem sempre o plano paga todos os materiais, às vezes, deixando de fora alguns. Por isso, acaba dando prejuízo para algumas empresas.

Dessa forma, pelo alto valor que apresentam, as OPMEs, são apontadas como um dos maiores custos de saúde. Porque são materiais complexos, com alto custo de fabricação, e também com um cenário altamente competitivo de mercado.

As glosas podem ainda ser classificadas da seguinte maneira:

  1. Técnicas: passando pelo setor de auditoria, com o levantamento dos procedimentos executados, a partir dos prontuários;
  2. Administrativas: acontecem em geral por não conformidade entre o pedido de autorização e o contrato do cliente.
  3. Linear: falha interna apontada pelas operadoras e que cabem recurso para serem revertidas.

 

Como acontecem as glosas médicas?

Dessa forma, as glosas acontecem por vários motivos, mas entre os mais comuns estão:

  • O produto prescrito não fecha com o que está contido no contrato do plano de saúde, porque não bate com o contrato;
  • Erro de informações no prontuário, porque pode ter erro no preenchimento;
  • Falta de informações na guia de autorização de procedimento;
  • Falhas na entrega dos materiais elencados na solicitação de materiais (falta de materiais ou peças erradas);
  • Envio de peças sem a devida identificação;
  • Erros na guia de autorização e de liberação das OPMEs.

As falhas citadas acima, entre outras que também ocorrem, são ocasionadas principalmente por: falta de gestão eficiente (com ferramentas tecnológicas que auxiliem na minimização de falhas, como o software da V2Saúde) e agentes no processo não capacitados de forma correta.

 

Como podem ser evitadas?

De maneira geral, com um bom software de gestão de materiais cirúrgicos, além de contar com uma mão de obra comprometida e bem qualificada. Entre os benefícios dessas ações estão:

  • Maior segurança para o paciente;
  • Maior probabilidade de recorrência de clientes;
  • Menor desgaste da imagem da empresa;
  • Maior credibilidade diante do mercado;
  • Redução de perdas de materiais;
  • Oferta de maior custo benefício aos clientes.

Ações específicas para melhoria da rotina da empresa e diminuir os riscos de falhas:

  • Manter uma equipe sempre atualizada e engajada no propósito da empresa: para isso é preciso um programa de aperfeiçoamento constante para os colaboradores, no qual a empresa indica as melhores opções de atualização. Em geral, a área de saúde possui maiores exigências de flexibilidade do colaborador, como horários diferenciados e disponibilidade para resolver problemas. Desta forma, a empresa precisa manter uma boa proposta de trabalho, com benefícios que sejam compatíveis com a entrega exigida do colaborador;
  • Ter processos documentados e claros para toda a equipe: processos bem definidos evitam muita dor de cabeça e economizam tempo. Pense em como a rotina de trabalho da sua equipe pode ser documentada de tal maneira a ser aplicada de forma eficiente;
  • Use a tecnologia a favor da sua empresa: o mercado dispõe de diversas ferramentas para auxiliar no dia a dia da empresa. Um software de gestão como o da V2Saúde pode promover a centralização da gestão e reduzir os riscos num percentual bastante elevado.

 

Quer saber mais sobre nosso software? Entre em contato para agendarmos uma reunião e conheça sobre o melhor custo-benefício do mercado.